Presente!


Presente!

 

Aproximadamente: 3 minutos.
Vem chegando o Natal… e eu odeio essas coisas de “amigo secreto”. Ganhei 5 vezes seguidas a mesma coisa, de pessoas diferentes, no Natal. Por que será que as pessoas vão a uma loja para comprar um presente, pensam em mim e decidem que eu preciso de uma lanterna portátil?

Fica muito chato! Nos Natais seguintes, tive que dar cinco vezes a mesma coisa!

No casamento, pra facilitar, a gente coloca uma lista de presentes em uma loja. Assim, a pessoa não lhe dá o que você não quer… em teoria, já que sempre tem um chato que lhe dá algo fora da lista da loja. Ele deve pensar: “Ah, eles não colocaram este presente na lista. Devem ter esquecido… é muito útil”! A gente não esqueceu, não, a gente já tinha dezenas de “jogos americanos” e não queríamos mais um!

Jogo americano é um saco! Você sempre põe um embaixo do prato para não sujar a mesa e, por fim,  acaba sujando tanto o jogo americano, quanto a mesa. Daí, vai ter que limpar uma coisa a mais! E a porcaria do “jogo americano” não cabe no escorredor de louça brasileiro. Depois de usar um “jogo americano”, sempre me dá vontade de fazer “roleta russa”.

No meu casamento, ganhei uma coisa que até hoje (10 anos depois de separado) não sei o que é: quatro faquinhas em forma de cimitarras. Talvez seja para o caso da minha esposa engravidar e termos 4 filhinhos anões muçulmanos.

A gente não deve reclamar de presente, eu sei. Mas veja, colocamos na lista “espremedor de frutas” e ganhamos um “espremedor de alho”. E alho é fruta, por acaso? Se eu descobrir quem foi, vou fazer um suco de alho para esse desgraçado. Sucaralho!

Se eu me casar de novo, algum dia, minha lista de presentes vai ficar numa loja de videogames. Nenhuma noiva vai concordar, eu sei. Quando meu casamento estava acabando, eu olhei pra minha “ex” e disse tranquilo: “Game Over”!  Foi aí que ela deu “tilt”…

De qualquer forma, fica a ideia: ao invés de comprar um presente que ninguém vai gostar no “amigo secreto”, por que a gente não troca notas de R$20,00 entre todo mundo? Surpresa! Minha nota começa com o algarismo zero e termina com o número 73. Que sorte… era o que eu queria!

Leave a comment